Menu
· Home
· Arquivo
· Cadastro de usuário
· Calendário de Eventos
· Downloads
· Enquetes
· Fale Conosco
· Forums
· Glossário SCM
· Inclusão de Currículos
· Inclusão de Vagas
· Links
· Perguntas & Respostas
· Pesquisar
· Recomende este Portal
· Rede Social
· Saiba mais
    Quem está online
Neste momento estão on line 6 visitante(s) e 0 usuário(s) cadastrado(s).

Você é um usuário anônimo. Você pode se cadastrar gratuitamente clicando aqui.
    Calendário de Eventos
Abril 2014
  1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
 
Hoje não tem nenhum evento programado.
    Tópicos
Artigos Internacionais
Artigos Nacionais
Cases Internacionais
Cases Nacionais
E-Books Internac.
E-Books Nacionais
Material Acadêmico
News
News
    Assuntos Publicados
Quinta, agosto 04
· SCM Coordination with Contracts
Segunda, agosto 01
· Planejamento de Recursos na Cadeia Têxtil
Domingo, julho 31
· Rede Logística - Aduana e Transbordo Aéreo
Segunda, julho 25
· SCM e Fluxo de Materiais - Indústria Automobilística
· Terceirização da Cadeia Automotiva Brasileira
Quinta, julho 21
· Inventory Cost & Service in SCM
· SUPPLY CHAIN MANAGEMENT IV
· SCM GAME
· TI na Cadeia de Agronegócios
· Negociação - Destinação de Excessos
· Logística de Manutenção - Componente de SCM
· Integração - Desenvolvimento de Produto & SCM
· Gestão de Estoques/ Reposição Autom. / Colaboração
· Cadeias Produtivas e Inovação no Brasil
· Análise de Redes Logísticas II
· Análise de Redes Logísticas I
    Articulistas

Cristiano Cecatto
As empresas têm que adotar uma Cultura Logística

Supply Chain Consultants - USA
Supply Chain Online - Portal Brasileiro de Supply Chain Management: Material Acadêmico

Procurar neste Tópico:   
[ Voltar para a Home Page | Selcionar um novo Tópico ]

 Gestão de Custos: Definição de Preço - Impactos no Outbound
Material Acadêmico

RIRL2004 - Congresso Internacional de Pesquisa em Logística

Definição de Preço de Mercadoria: Impactos sobre o Desempenho do Canal Logístico de Outbound

CARLOS M. TABOADA RODRIGUEZ - UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA – taboada@eps.ufsc.br

LUCIANO N. JUNKES - GRUPO DE ESTUDOS LOGÍSTICOS, UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA (GELOG-UFSC) – lucianojunkes@yahoo.com.br

... Via de regra, em uma organização empresarial, a definição de preços de mercadoria não compete à parte administradora da logística. No entanto, o controle sobre as operações logísticas de outbound é definido, sob vários aspectos, pela estratégia de apreçamento selecionada. Logo, sobre esta decisão cabe contribuição por parte de especialista logístico. Até certa extensão, as implicações sobre o canal logístico de outbound, na referida questão, têm sido tratadas de maneira indistinta pela prática empresarial e, de maneira semelhante, a academia tem tratado a problemática de maneira um tanto dispersa.

Este trabalho visa estabelecer parâmetros de consideração quando da decisão pelo modelo de operação do canal logístico de outbound (considerando a estratégia de preços), mas, adicionalmente, também fazer ponderações sobre os impactos de cada opção sobre o desempenho do canal. Reflexões sobre impactos ocasionados por perspectivas tributária e financeira, de valor agregado do produto, de estratégia mercadológica, de desempenho, de estrutura do canal logístico e de autonomia da organização dentro da cadeia são relevadas.

Complementarmente, este trabalho se propõe a esclarecer a utilização de algumas terminologias que se dispõem a tratar do assunto nas esferas de transação internacional, doméstica brasileira e doméstica americana. ...

Publicado em Sábado, 24 de Setembro, 2005 - 23:39 Leia mais | Gestão de Custos

 Inventory/Estoques: Estoques, Reposição Automática e Colaboração
Material Acadêmico

GESTÃO DOS ESTOQUES NUMA CADEIA DE DISTRIBUIÇÃO COM SISTEMA DE REPOSIÇÃO AUTOMÁTICA E AMBIENTE COLABORATIVO

GEORGE PAULUS PEREIRA DIAS E HUGO TSUGUNOBU YOSHIDA YOSHIZAKI

Escola Politécnica da USP – Departamento de Engenharia de Produção

RESUMO

O foco do presente trabalho está na gestão de estoques em sistemas multicamadas. O modelo de simulação construído considera o desempenho histórico de uma cadeia de distribuição de medicamentos versus a política de gestão proposta.

Os objetivos principais do trabalho são: a avaliação quantitativa da política de cálculo de necessidades aplicada na gestão de sistemas multicamadas, a verificação da importância da cooperação entre os elos da cadeia de distribuição para gestão do fluxo de materiais e o estudo das curvas que representam o dilema ‘nível de serviço’ versus ‘custo total da cadeia’.

Inicialmente, cada cenário simulado é preparado com a definição do ‘período de aquecimento’, ‘horizonte de simulação’ e ‘número de réplicas’ necessárias. Depois disso, é feito o delineamento de experimentos para identificar quais variáveis de decisão têm efeito significativo sobre o custo total da cadeia.

Finalmente, é feita uma busca da parametrização de cada um dos cenários que apresente o melhor custo total da cadeia.

Os resultados da simulação mostraram que as práticas atualmente empregadas na gestão dos estoques das empresas podem ter seu desempenho melhorado com a utilização da política simulada na pesquisa. Nas simulações pode-se verificar a melhoria simultânea do nível de serviço e do nível de estoques da cadeia.

Isso mostra que a política simulada mudou o dilema (trade-off) que interliga antagonicamente essas duas características de desempenho do sistema. ...

Publicado em Sábado, 24 de Setembro, 2005 - 22:53 Leia mais | Inventory/Estoques

 Estratégia/Distrib.: Reposicionamento na Cadeia de Valor
Material Acadêmico

Estratégias Corporativas de Reposicionamento na Cadeia de Valor

O principal objetivo desse Estudo é a demonstração de que existem movimentos estratégicos em vários setores da economia, que se destinam à busca da competência essencial, ou "core competence", visando a garantia da competitividade sustentada.

Procura-se demonstrar que esses movimentos não têm um padrão para todos os setores, mas que são relativamente uniformes no ambiente intra-setorial. Ou seja, busca-se demonstrar que todas as empresas de um determinado setor tendem a eliminar atividades - geralmente através da terceirização; ou agregar atividades, dependendo das estratégias corporativas para a busca da competência essencial. No entanto, não existe um certo padrão de tendências setoriais. ...

Publicado em Sábado, 3 de Setembro, 2005 - 18:07 Leia mais | Estratégia/Distrib.

 Sourcing/Terceiriz.: Logística Integrada - Cadeia Automobilística
Material Acadêmico

A prestação de serviços de logística integrada na indústria automobilística no Brasil: em busca de alianças logísticas estratégicas.

Léo Tadeu Robles

O estudo aborda as características de relacionamento entre empresas montadoras e operadores logísticos no Brasil, tendo em vista o caráter estratégico da prestação de serviços de logística integrada na indústria automobilística, setor que vem apresentando uma transformação muito grande em suas práticas e organização. O foco de análise é a logística de suprimento em montadoras de automóveis, não se abordando a distribuição de veículos prontos. O processo de globalização tem exigido a reestruturação das empresas para sua sobrevivência e desenvolvimento, a busca de vantagem competitiva, pela incorporação a seus produtos, da cadeia de valor dos clientes, e, no relacionamento interempresarial, novas formas de administração de suas cadeias de suprimentos. Os serviços de logística se mostram mais abrangentes, na estratégia e processo produtivos, numa nova caracterização da atuação de operadores logísticos. Na sua terceirização, tendência firme que se constatou, teoricamente, poderiam se apresentar alianças estratégicas entre empresas. As características de relacionamento nessa direção são abordadas nesta tese. O estudo foi conduzido com base em fontes secundárias e pela realização de entrevistas junto a montadoras e operadores logísticos. Metodologicamente, adotou-se o estudo de multicasos na identificação de arranjos institucionais da operação da logística por operadores especializados. Foi identificado um ambiente em transição, em que a terceirização é um fato, com operadores logísticos, assumindo, cada vez mais, parcelas importantes das atividades dos contratantes. No entanto, o relacionamento está longe de caracterizar verdadeiras alianças estratégicas, apresentando-se uma interação dinâmica e, muitas vezes contraditória, entre as empresas. A consciência mútua das interdependências, aceitação e entendimento de interesses individuais, a serem conciliados em alianças estratégicas, com o objetivo comum de melhor condição competitiva e compartilhamento justo de riscos, custos e recompensas, podem ser fundamentais na implantação de novas formas de produção na indústria e na adoção de operadores logísticos únicos.

Publicado em Segunda-feira, 22 de Agosto, 2005 - 22:28 Leia mais | Sourcing/Terceiriz.

 Integração / B2B: Automação e Integração SCM
Material Acadêmico

A Automação Dos Processos Como Forma De Integração Da Pequena E Média Empresa Ao Comércio Eletrônico E A Cadeia De Suprimentos

Jefferson Luiz Almeida Sayão

O trabalho apresenta um modelo de desenho de processo para a automação dos mesmos através de ferramentas de workflow, visando gerenciar e suportar as atividades produtivas integrando fornecedores, empresas, clientes primários, secundários e terciários. O objetivo deste desenho é de proporcionar aos integrantes da cadeia de suprimentos vantagens em valor agregado, custos e comunicação eficiente. As empresas devem pensar em como perpetuarem-se, já que seu horizonte deve ser a eternidade. Para tanto, é necessário que elas desenvolvam e aperfeiçoem seus processos e métodos. Neste estudo, busca-se contribuir para que as organizações percebam a importância e o diferencial competitivo de terem seus processos compartilhados com fornecedores e clientes, documentados e sua cultura empresarial voltada para a melhoria contínua destes processos e uma comunicação eficiente e eficaz com os integrantes da cadeia de valor. Desta forma, fortalecendo-se para adentrarem a novas formas de viver, competir, e perpetuar-se, assim, faz-se necessária uma meta definida, um método detalhado e uma metodologia estudada para que processo seja estruturado e dimensionado com eficácia.

Publicado em Segunda-feira, 22 de Agosto, 2005 - 18:14 Leia mais | Integração / B2B

 Gestão de Custos: Análise Orçamentária Manufatura
Material Acadêmico

Análise Orçamentária

Estudo de caso.

Publicado em Domingo, 21 de Agosto, 2005 - 0:31 Leia mais | Gestão de Custos

 Gestão de Custos: Processos empresariais - Custos
Material Acadêmico

Processos empresariais - Mensuração, Custos, Empresas

A premissa básica deste artigo é a mensuração dos processos empresariais, como uma das variáveis alavancadoras na consecução de vantagens, via avaliação e criação de informações e feedback para: clientes, fornecedores e investidores (externos e internos), dos processos primários e de apoio aos negócios da empresa. Este estudo enfatiza um contexto para a mensuração dos processos, sob os objetivos e estratégias, onde atributos de mensuração permitem medições financeiras e não-financeiras. Uma das precauções deste trabalho, é a evidenciação da necessidade existente no escopo estratégia da cadeia de valores, em que todos processos adicionem valor aos seus custos. O suporte de um banco de informação e de dados (sistema de informação) inteligente, é enfatizado como a base fundamental para a mensuração dos processos. Finalmente, o artigo apresenta uma característica e pressu-posto do modelo de mensuração numa visão conceitual, e conclui, com uma revisão de questões essenciais.

Publicado em Sábado, 20 de Agosto, 2005 - 23:51 Leia mais | Gestão de Custos

 Métricas/Desempenho: Medição de Desempenho SCM
Material Acadêmico

Medição de desempenho para um cenário de empresas de uma cadeia de suprimentos

Emerson Bond

A frequência nas mudanças no ambiente empresarial exige que as empresas tenham uma elevada capacidade de adaptação. Neste sentido, é fundamental que mecanismos para avaliar suas ações e operações tenham totais condições de análise objetiva da situação atual e futura da empresa. É dentro deste enfoque, que os indicadores de desempenho se tornam instrumentos eficazes para estas análises e avaliações. ...

 

Publicado em Domingo, 7 de Agosto, 2005 - 23:39 Leia mais | Métricas/Desempenho

 Processos Logísticos: Gestão de Processos
Material Acadêmico

Modelo para configuração de Processos de apoio e Mensuração de Performance com base em processos de negócio de clientes internos

Jefferson Ricardo Martins

A busca incessante por desempenho superior na condução dos negócios tem, em essência, a finalidade de levar uma organização à prosperidade. (...) Este ideal de prosperidade, mormente neste início de século XXI, está cada vez mais dependente da prosperidade de outrem. Destarte, uma empresa dificilmente prosperará neste, e nos tempos vindouros, se não considerar a prosperidade difundida por Taylor (1990), estendida a outros entes, como fornecedores, canais de distribuição, revendedores, enfim, toda a rede de negócios da empresa. ...

Publicado em Domingo, 7 de Agosto, 2005 - 16:23 Leia mais | Processos Logísticos

 Cadeia Suprimentos: Avaliação de Desempenho SCM
Material Acadêmico

Proposta de uma Sistemática para Avaliação de Desempenho em Cadeias de Suprimentos

Valdirene Gasparetto

... Independente da forma de coordenação existente entre duas ou mais empresas de uma cadeia de suprimentos, cada uma delas e cada relacionamento mantido entre elas colabora para a competitividade da cadeia inteira. Muitas empresas têm hoje consciência da sua ineficiência interna. No entanto existem perdas ainda maiores quando se analisa a cadeia de suprimentos como um todo. ...

Publicado em Domingo, 7 de Agosto, 2005 - 16:03 Leia mais | Cadeia Suprimentos

    Patrocínio




    Pesquisar


    Enquete
Na sua opinião, onde o Brasil deve avançar mais quanto à Logística nacional?

Melhor infraestrutura, com estradas de rodagem
Construção de novos Portos e Aeroportos nacionais
Melhor infraestrutura, com ampliação das Ferrovias
Aumento da utilização do Modal de Cabotagem
Melhor infraestrutura, com navegação pluvial
Investimentos em conservação e manutenção viária
Investimentos em monitoramento e rastreabilidade
Investimentos em Centros Unificados de Logística
Acordos c/ países vizinhos para Portos no Pacífico
Melhor infraestrutura para Metrópoles, 24h por dia
Viabilização de Segurança nas Estradas



resultados
Enquete

Votos: 307
Comentários: 1
    Login
Apelido

Senha

Código de Segurança: Código de Segurança
Digite o Código

Ainda não se cadastrou? Clique aqui. Como usuário cadastrado você tem vantagens exclusivas.
    Apoiadores
Todos os direitos reservados para Supply Chain Online - Contato: atendimento@supplychainonline.com.br